Originário da Europa, provavelmente por ciganos da Ásia Central, o Tarot de Marselha é a última versão da arte de jogar cartas. Ele se caracteriza pelo desenho simples das figuras dos Arcanos Maiores e dos Arcanos Menores. Aos Arcanos Maiores atribuem-se significados mais ou menos flexíveis, abrangentes, genéricos, mantendo-se restritos e particularizados os significados dos Arcanos Menores.

O baralho clássico é composto de 78 cartas, divididas em dois grupos: os 22 Arcanos Maiores (ou Grandes Arcanos) e os 56 Arcanos Menores (ou Pequenos Arcanos). Os Arcanos Maiores são representações figurativas e incluem 21 cartas numeradas de I a XXI e mais a figura do Bobo, correspondente ao curinga dos baralhos comuns. O bobo não tem número ou é representado pelo número zero.

As 56 cartas dos Arcanos Menores são divididas em quatro naipes, cada um deles contendo as cartas normais de um baralho comum e mais quatro figuras: o rei, a rainha, o cavaleiro (ou soldado) e o valete (ou pajem ou escravo). Contém, portanto, uma figura a mais que as sequências de cartas comuns. Os naipes são tradicionais: gládios (ou espadas), bastões (ou cetros ou paus), taças (ou copas) e moedas (ou pentagramas ou ouros).

image

Sejam bem-vindos!
Sou professora de música e terapeuta holística.
Trabalho com aulas de canto popular, violão e teoria musical à distância.
Utilizo o Reiki, no qual tenho nível Mestre em atendimentos terapêuticos.
E o Tarô de Marselha como ferramenta de desenvolvimento pessoal, e não como adivinhação, o estudo dos arquétipos é sério e benéfico para o entendimento das situações da vida.
Chama no Whatsapp! Atendo à distância, qualquer localidade.
(45) 99904-7333.

  • Sobre
  • Grupo para compartilhar informações sobre oráculos e cultura cigana.